ShareThis

A Pain That I'm Used To - Making Off


Crédito: Li Lee

Technique Synthpop (Off Topic)

Gostaria de recomendar aos amigos e leitores, uma banda a qual acompanho o trabalho deles a algum tempo, a Technique Synthpop (Myspace) é Synthpop de primeiríssima qualidade e estão prestes a lançar o seu album, vale a audição.


So cold by Technique Synthpop

Songs of Faith and Devotion Remastered

Edição Limitada Remasterizada SACD+DVD do álbum Songs Of Faith And Devotion.



Fonte: The Zombie Room

Depeche Mode Rádio App

É só scanear o QR acima para ter acesso ao download do aplicativo DMode Radio disponível para Android, Nokia Ovi, iPhone, iPod Touch ou iPad!

Com este app você fica informado sobre noticias novidades das redes sociais como twitter e facebook da nossa banda preferida, ver fotos e ouvir musicas, a qualquer momento diretamente do seu celular ou tablet.

DJ Andy in Itália



Off Topic: Show Erasure em Porto Alegre


Amigos,

Na quinta feira (11/08) pude me recuperar de uma tristeza da minha adolescência, que era não poder ter visto o show do Erasure, quando eles estiverem em Porto Alegre no começo dos 90’s eu não tinha idade e nem independência financeira para ir ao show, resultado, uma enorme tristeza.

Minha historia com o Erasure como já coloquei aqui em um post anterior, devo a Vince Clarke minha devoção ao Depeche Mode, por volta de 1988/89 não lembro direito, o Erasure foi à primeira banda a qual me identifiquei, aquela que eu me apaixonei por primeiro, era admiração total e indiscutível, o toque eletrônico de Vince me conquistou e me conquista a cada trabalho, na época em uma revista Bizz, para os mais novos uma bela revista nacional especializada em musica, que existiu, era a única maneira de se manter informado sobre musica, na Bizz, e para quem não é do Brasil era uma espécie de Rolling Stone brasileira, estava escrito que o maior hitmaker da terra em minha opinião, Vince Clarke tocou no começo dos anos 80 em uma banda de musica eletrônica, o tal de Depeche Mode, logo fui a uma famosa loja de discos e pedi para que grava-se uma fita K7 só com Depeche Mode, o qual nunca tinha ouvido falar, o pessoal da Tecnique na época gravou o álbum Music for the Masses, ao ouvir o Depeche Mode pela primeira vez, a faixa Never Let me Down Again a expressão foi:
- Put.. que pariu, que som du caralh....

E a partir dai a devoção pelo Depeche Mode foi instantânea e crescente a cada audição, como podem perceber.

Além de considera-los uma banda única o Erasure tem um som assim como o Depeche Mode marcante, inconfundível e próprio coisa que só os melhores conseguem, ver o show do Erasure foi uma realização, pessoal.

Vince sempre contido, mas no final até deu um sorrisinho discreto, em compensação Andy era pura energia contagiante o tempo todo, com uma voz perfeita fez todos dançarem.

O palco que no começo me pareceu um tanto quando simples ficou muito legal com os efeitos de luz, o acompanhamento de duas Backings de primeira linha merece destaque, foi uma celebração a boa e velha musica eletrônica.
Erasure mostrou estar em forma e se apresentou sem o ranço requentado de uma época saudosista, e se mostrou em forma com faixas novas muito boas e com aquele toque de uma carreira com inúmeros hits que mesmo com 15, 20 anos ou mais poderiam estar perfeitamente encaixados na cena musical de hoje como algo novo sem se perceber a sua idade.

O Setlist foi:

1 - Hideaway
2 - Breath of Life
3
- Heavenly Action
4
- Always
5
- Push me Shove me
6
- Ship of Fools
7
- Victim of Love
8
- Breathe
9
- Chains of Love
10
- Sometimes
11
- Drama
12
- Save Me
13
- Love to Hate You
14
- Blue Savannah
15
- Knocking on Your Door
16
- Who Needs Love Like That
17 - Chorus
18
- Oh, L'amour
19
- A Little Respect
20
- Stop!


Obrigado Andy, mas acima de tudo obrigado Vince Clarke.


Quer ver as fotos: CLICA AQUI!

Entrevista com Fletcher

Antes de seu DJ Set em Minsk (República da Bielorrússia), Fletcher disse:
"Dave e Martin já começaram a escrever canções."

"Pretendemos em breve começar a gravar o álbum ... Esperemos que, depois de um tempo saíremos em turnê ..."

"Tive a sorte de estar em uma banda com compositores de renome:. Vince Clarke, Martin Gore, Dave Gahan".

Dave Gahan Entrevista Frida Giannini

Frida Giannini é da chefe de Designer da marca Gucci:

GIANNINI: Well, I grew up in fashion. I’m still growing in fashion. But I love to do other things as well. I love architecture and design. I love to read books, especially on furniture, décor, and design. Of course, I still love music and going to con- certs. I also love horse riding, which is a big passion. I used to do horse riding in a competitive way until I was 18 years old and I started to work and it got too complicated for me, so now I go just for the weekend or in summertime when I have more time, because I need a lot of training for horse riding. You need to have good legs and good shoulders. I love cooking. I have big kitchens in my house in Rome and my other one on the beach because I love to spend a lot of time cutting vegetables, cooking fish, and all these kinds of things. I love to have a lot of friends in my house and to prepare dinner for them. And I love movies, even though I’m not a fan of the cinema. I don’t like to go to the cinema because I feel very claustrophobic, so I prefer to watch a DVD at my house with a home theater. But that’s about it. [
laughs] I would say that is more or less what I’m doing when I’m not working.

GAHAN: I know you love cars, and that you came up with the name for the Guilty fragrance while driving.

GIANNINI: Yes.

GAHAN: What kind of car do you drive?

GIANNINI: Actually, at this moment, I have the Q7SUV from Audi.

GAHAN: Well, that’s very interesting, because I’m driving the Audi R8, the V10.

GIANNINI: Oh, really? Well, you know, for me it’s very helpful because I have a big dog. He’s a Ger- man shepherd, and sometimes when I have to move to my house on the beach I need to take a lot of stuff with me, as well as my friends and my dog. So I need to have big space in my car for all of that.

GAHAN: We have a big car too, because of the kids and the dogs and stuff. But then it’s also my personal car—my toy.

GIANNINI: I am the same. I think it’s more comfortable for me to drive a big car, because I feel safer than in a smaller one. Plus, it’s cooler.

Dave Gahan is the lead singer of Depeche Mode.

Fonte: Interviewmagazine.com

Bones + Depeche Mode (Mais uma Vez)

Amigos,

Hoje vi mais um participação na trilha sonora deste belo seriado do nosso amado Depeche Mode, desta vez no episódio décimo quinto da primeira temporada e lá estava a faixa A Pain That I'm Used To, com certeza esse já é o seriado que mais usou o Depeche Mode em sua trilha: