ShareThis

Delta Machine é Melhor que Sounds of the Universe


Em entrevista recente publicada no site Exclaim.ca, comparando Sounds of the Universe de 2009 com Delta Machine que deve ser lançado em março, Andrew Fletcher diz que o novo disco têm muito mais energia e que foi o processo criativo foi mais fluido e fácil que nos discos anteriores, tanto que acabou sendo concluído antes do previsto. 
"Uma das coisas mais importantes deste novo álbum é que ele é bastante minimal, podemos ouvir influências do "blues" em algumas canções, e influências "techno" ou eletrónicas noutras canções, e até a espaços uma osmose das duas", revela Fletcher. 
E algo polemico, confessa: "Quando está a trabalhar num álbum ou encontra a direção que pretendes seguir de forma acidental, ou sabes para onde queres ir com o disco, e com este álbum nós começamos por ouvir as canções do Martin e soubemos de imediato a direção em que tinhamos de ir. Por exemplo com o Song of Faith and Devotion, eu acho que estivemos continuamente a procurar um caminho, e nunca chegamos a encontra-lo."

Fonte: The Zombie Room

2 comentários :

Carlinhos | 26 de fevereiro de 2013 15:26

Depeche Mode, entevista cedida pela gravadora WEA, em 1990:

Dave: Eu acho que "Violator" é provavelmente o primeiro álbum em que nós demos mais de nós mesmos - em termos de fazer o disco juntos, após Martin ter escrito as músicas. Foi um esforço da banda no estúdio. Acho que esse é o nosso primeiro álbum em que todas as faixas são muito boas, cada uma tem uma atmosfera diferente.
Martin: Você tem de se lembrar que nenhuma banda tem qualquer perspectiva sobre o disco que ela acabou de finalizar. Então podem muito bem sair dizendo que é o melhor que eles já fizeram.

Menos, Fletcher. Menos.

Luis Fernando.DM | 26 de fevereiro de 2013 19:24

Deixa o Fletcher vender o peixe dele...rsrsrsrs