ShareThis

Depeche Mode Recusa Lollapalooza e Deve vir Solo, Mas Não ao Brasil...


O Lollapalooza se prepara para sua primeira baixa. A princípio por um problema com o vocalista Dave Gahan, que não estaria contente em vir ao Brasil, o Depeche Mode avisou que não quer mais tocar no festival, e o evento, que acontece nos dias 5 e 6 de abril, no autódromo de Interlagos, em São Paulo, deve ficar sem um de seus headliners. Ao mesmo tempo, a produção correu para fechar com o Arcade Fire e finaliza o acerto para que o grupo canadense toque, independentemente da desistência ou não da banda britânica.
Segundo o apurou, no meio do processo de indecisão o Depeche Mode recebeu proposta para fazer shows solo na América do Sul, dentro da Delta Machine Tour, sem ter obrigação de passar pelo Brasil. O grupo tocou no país em 1994 e nunca mais voltou, mas fez shows na Argentina e no Chile, em 2009.

Nota do blogueiro: Problemas vocais, aham.... Se confirmar a saída do Depeche Mode do Line Up e sim vierem solo com Delta Machine Tour... Alguém ai ainda dúvida que comercialmente o Depeche Mode não tem por que se dedicar ao Brasil (com toda a razão)? Ou que algum produtor seria doido para pagar para ver.... Alguém ai pode estar pensado, ele esta feliz, não meus caros amigos devotos é que venho falando isso desde de sempre o Depeche Mode como qualquer banda é uma empresa não faz musica por caridade, o que para gente é devoção, para eles é musica + negócio e um não vive sem o outro. 
Então melhor economizarem pois Argentina e Chile talvez seja o destino de quem quiser ver a Delta Machine Tour. 

Fonte: Destak Jornal

10 comentários :

Engel Mode | 23 de outubro de 2013 01:36

Não é questão de caridade Luis, é questão de respeito aos fãs. Se eles não acham viável um show aqui por ter poucas vendas = poucos fãs, poderiam muito bem se apresentar em um festival, mas não, preferem que pessoas que não tem uma oportunidade financeira de irem a outro país fiquem a ver navios mais uma vez!
Isso já passou de ser mero "medo de falta de público"

Carlinhos Kunde | 23 de outubro de 2013 12:17

Everything counts, in large amounts. A frase nunca soou tão irônica.

Phases da Luna | 29 de outubro de 2013 22:18

Desanimador... fã a anos, acompanhar todo o trabalho da banda e não poder ir a um show devido a falta de consideração com o público brasileiro...

Anônimo | 30 de outubro de 2013 16:37

oi luis.....vc tem os numeros das vendas,e a comparação com chile e argentina?.... não imaginei q esse seria um dos motivos pra não virem pra ca........

Luis Fernando.DM | 31 de outubro de 2013 00:07

Eu não tenho este numeros mas sei por exemplo que na Argentina Delta Machine chegou a ser o terceiro álbum mais vendido no pais.

Anônimo | 4 de abril de 2014 10:42

Acredito que não seja só uma questão de público e financeiro, mas algo mais que futuca o DM. Uma banda que fez sucesso no Brasil na década de 80,inclusive sendo uma das que promoveu o início da música eletrônica da época no Brasil.

Paulo Guitar | 21 de abril de 2014 20:49

Engel Mode - concordo com vc, o iron maidem por exemplo veio tanto em festivais quanto solo e sempre, acho que o loolapaloza seria uma otima oportunidade de angariar novos fãs ao grande depeche mode! talvez foram mal assessorados.

Sandra Paula | 16 de julho de 2016 21:50

Oi Luís, pois é e tá difícil tava esperando pelo o Lolla. Só digo q a minha prima assistiu a um show da Tour Delta em Portugal quando ela foi voluntaria em um Festival de musica lá. Amou!

Sandra Paula | 16 de julho de 2016 21:51

Oi Luís, pois é e tá difícil tava esperando pelo o Lolla. Só digo q a minha prima assistiu a um show da tour delta em Portugal quando ela foi voluntaria em um Festival de musica lá. Amou!

Sandra Paula | 16 de julho de 2016 21:53

Oi Luís, pois é e tá difícil tava esperando pelo o Lolla. Só digo q a minha prima assistiu a um show da tour delta em Portugal quando ela foi voluntaria em um Festival de musica lá. Amou!